A força da palavra



Versão para Impressão Versão para Impressão

RuimRegularBomÓtimo (Nenhuma avaliação)
Loading ... Loading ...

Em geral, toda secretária possui algumas características em comum que são fundamentais para o exercício da profissão. Um exemplo básico, é a facilidade de se comunicar, seja de que forma ou com quem for.

O ser humano se comunica de diferentes formas para expressar o que sente. Isso varia de pessoa para pessoa, de acordo com a personalidade de cada um, e depende da idade, sexo, raça, religião, crenças, nível cultural e social de cada um.

Também é fundamental levar-se em conta a situação vivida, ou seja, se é uma situação totalmente nova ou recorrente, o ambiente, o grau de familiaridade com o agressor e o nível de emoção da pessoa agredida para definir se o seu comportamento e atitude em relação à ação e reação a ser tomada será eficaz, como também o grau de impacto gerado frente a uma ou mais pessoas.

Agimos e reagimos diferentemente diante de algum problema e, não raro, encontramos outras formas de resolvê-lo, mesmo quando ele se repete, o que reflete nosso nível de tranquilidade, poder de julgamento, maturidade, equilíbrio, raciocínio, segurança e criatividade.

Quantas vezes, em sua vida, especialmente em seu ambiente de trabalho, você não quis dizer alguma coisa e disse outra totalmente diferente, ou mesmo se calou quando deveria se pronunciar para se defender ou mostrar seu ponto de vista em determinada situação. Isso acontece se formos sensíveis ou vulneráveis a certos assuntos e, por isso, ficamos apáticos, medrosos e inseguros para responder, o que representará aos olhos dos outros, uma forte ingenuidade, timidez, ignorância, passividade e insegurança para agir.

Por outro lado, o contrário também poderá ocorrer, ou seja, se formos rápidos e firmes para responder a algum comentário ou ataque, demonstraremos ser mais agressivos, destemidos, confiantes e inteligentes.

Quantas vezes você não se surpreendeu com amigos e colegas tendo determinada reação quando você poderia jurar que aquilo jamais aconteceria ou que, aquela pessoa deveria ter tido outra atitude.

Até você mesmo, quando se depara com algum problema e resolve a situação de uma determinada forma, logo em seguida, fica se remoendo, porque deveria ter agido de uma forma completamente diferente mas que, na impulsividade e no calor da emoção, tomou uma atitude totalmente inversa da desejada, o que, muitas vezes, o prejudicou, profissional e socialmente.

Em casa, no trabalho, com amigos ou mesmo entre desconhecidos é preciso ter uma certa dose de equilíbrio para saber usar ou não a palavra na hora certa. Aliás, isso é fundamental. Pensar o que poderia ter dito ou feito depois de algum fato acontecido de nada adiantará. O tradicional argumento de que “se eu tivesse falado ou feito aquilo…”, “se eu não estivesse tão nervoso…”, “por pouco eu não…”, “eu quase…”, “tive de contar até dez para…”, “respirei fundo para não”, “como eu pude deixar aquilo acontecer comigo”, “se fulano não tivesse se intrometido”, “da próxima vez eu,,,”, “isso não irá mais se repetir”, etc., perde o sentido, após o fato ter acontecido.

Até mesmo quando se consegue pensar antes de se pronunciar a primeira palavra, muitas vezes, até sem perceber, falamos de uma forma que a pessoa não consegue entender, ou pior, entende o recado de forma totalmente errada e distorcida. Por isso, deve-se pensar duas vezes, ou seja, pensar bem antes de falar e, ainda, imaginar se o que for dito, será plenamente entendido pelo receptor da mensagem.

Se você foi feliz ou não em determinada situação é um mérito só seu e também de nada garantirá que determinada pessoa não o provoque novamente ou que aquele fato não se repita. Tudo dependerá do seu estado de espírito no dia.

Até mesmo quando não dizemos nada frente a algum problema, estamos, falando muito ao julgamento dos outros. Por isso, muitas vezes, calar poderá ser a melhor ou pior alternativa em determinado momento.

Existem também aquelas pessoas que esperam os ânimos se acalmarem para só então agir. Costumam chamar a pessoa em particular para expressar o que pensam e sentem. Em geral, isso também dá resultado e sua imagem muda radicalmente em relação àquela pessoa, embora nada garantirá a boa convivência entre as partes.

Brigar, xingar, ignorar ou mesmo deixar de falar com determinada pessoa, mudar de departamento, de emprego ou de chefe, fingir que nada aconteceu ou mesmo difamar a tal pessoa aos quatro cantos, também não são as melhores alternativas.

Uma vez, ouvi em entrevista, um famoso psiquiatra brasileiro comentar que, desde jovem sofria com esse tipo de problema. Não sabia se defender ou responder à altura quando era necessário, embora sempre tivesse a resposta na “ponta da língua”, porque preservava muito a elegância e a educação.

Era comum gaguejar, ter argumentos desconexos, ou mesmo se perder no pensamento quando precisava expressar seu sentimento.

Sempre se achou uma pessoa inteligente e madura, porém, por insegurança e timidez, deixava sempre a desejar quando precisava agir.

Vendo-se sem saída, desenvolveu uma tática infalível. Com tranquilidade, pensou em todas as situações já vivenciadas e as analisou em detalhes. Como um roteiro, planejou atitudes e respostas para cada uma delas. Foi um pouco trabalhoso, porém, quando aquele tipo de situação se repetia, em maior ou menor intensidade, era só se lembrar do roteiro para falar e agir conforme o planejado. Assim, mostrou-se ser uma pessoa mais segura e confiante e, aquelas pessoas que costumavam importuná-lo, aprenderam a respeitá-lo e perderam a força.

Peguei aquele exemplo para mim e procurei fazer o mesmo. E não é que deu certo? Não foram poucas as vezes em que pude “tirar uma carta da manga” e dizer minha opinião sobre determinado assunto ou agir adequadamente em um momento crítico.

Já, as pessoas mostravam-se boquiabertas ou então calavam-se frente ao meu comentário, ora agressivos, ora gentis, porém, sempre ditos com muita firmeza, personalidade e propriedade.

Pude me sentir muito mais aliviada e segura de mim mesma. Por isso, se você se sente vítima de situações desse tipo, faça o teste.

Em teoria, poderá soar estranho fazer isso, porém, na prática, essa técnica se mostrará muito eficiente.

Caso não consiga criar boas alternativas para determinado problema e não saiba o que e como falar, converse com amigos ou pessoas que admira, pois, certamente, elas lhe ajudarão muito. E você, com certeza, aprenderá a se defender e a ser uma pessoa mais livre, dona de si e, acima de tudo, mais respeitada.

Lembre-se de que, não é você que é mal-educado ou indelicado por responder e sim quem fez o comentário maldoso ou desagradável em um momento inoportuno.

Acredite: mais do que a força física, o poder de uma palavra pode derrubar uma pessoa.

Bookmark and Share
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 4.0/5 (10 votes cast)
A força da palavra, 4.0 out of 5 based on 10 ratings
RuimRegularBomÓtimo (Nenhuma avaliação)
Loading ... Loading ...

Versão para Impressão Versão para Impressão
Compartilhe:
  • Twitter
  • Technorati
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • LinkedIn
  • dihitt
  • Rec6
  • Live
  • Google Bookmarks

Comentários (23)

cleoniceagosto 24th, 2011 - 15:33

ADOREI, MUITO BOM! ME AJUDOU MUITO.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 5.0/5 (2 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseragosto 24th, 2011 - 16:40

Olá, Cleonice!

Muito obrigada pelo seu comentário e elogio.
Fico feliz por ter ajudado e por você ter aproveitado bem o artigo.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
ivone gomessetembro 1st, 2011 - 13:21

PARABÉNS!
MUITO BOM!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassersetembro 1st, 2011 - 19:44

Olá, Ivone!

Muito obrigada pelo elogio.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Geysisetembro 22nd, 2011 - 1:29

Muito bom, Mirian!

Isso me ajuda muito, pois como já havia lhe dito, eu sou muito tímida e tenho medo de responder à altura e isso é um grande problema para mim. Eu sou muito insegura, e ainda mais, tenho aparência de ser muito menina (tenho 20 anos e aparento 15) e, por isso, quando vou responder ou falar algo as pessoas acham que sou imatura demais. Sei que ainda sou jovem e inexperiente, mas gostaria realmente de mudar isso, pois me prejudica até na vida pessoal e me deixa com a estima baixa. Contudo, gostaria de ser mais segura e confiante e poder responder com firmeza e atitude. Eu preciso mudar!

Obrigada.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassersetembro 22nd, 2011 - 14:28

Olá, Geysi!

Muito obrigada pela sua participação e elogio.
Pelo que pude entender, você não está satisfeita com seu comportamento atual e quer mudar. Já é um grande avanço. Muitas vezes nem percebemos que há algo errado e, por isso, não mudamos atitudes e comportamentos e, isso, independe de idade. Tem a ver, e muito, com maturidade e experiência de vida. Você tem 20 anos e aparenta 15. Hoje pode ser um problema, porém, mais adiante, ficará feliz por não ter de usar cremes ou fazer tratamentos faciais para tentar aparentar menos idade. Veja o lado bom!
Muitas adolescentes de 14, 15 anos, conseguem parecer mais velhas usando maquiagem, mudando o corte de cabelo e vestindo roupas mais sociais.

Você também poderá fazer isso. Tente mudar seu estilo de se vestir, use mais maquiagem (nada muito exagerado), salto alto e, perceberá que as pessoas a tratarão de uma forma diferente. Como você disse, tem um pensamento e comportamento de adulto, porém, sua aparência destrói essa imagem. Talvez essa mudança a ajude a ter uma atitude mais firme, diminua sua timidez e a torne uma pessoa mais segura e confiante.

Boa sorte!

Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Geysifevereiro 5th, 2012 - 6:21

Olá, Mirian!
Desculpe, sei que o que eu vou perguntar não tem nada a ver com o assunto abordado. No entanto, gostaria de esclarecer uma dúvida, já que sou estudante de secretariado e sou iniciante nessa área. Mirian, as secretárias são encarregadas de elaborar contratos? Se sim, quais são os mais comuns?
Agradeceria muito essa resposta.

Um abraço.

Geysi

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserfevereiro 6th, 2012 - 2:45

Olá, Geysi!

Na verdade não são de responsabilidade delas. Geralmente quem elabora contratos são funcionários da área jurídica ou de contratos, advogados, adm. de empresas ou mesmo pessoas da empresa acostumados com essa tarefa.
Muitas secretárias, no entanto, recorrem a modelos antigos para tentar elaborar um bom contrato; outras, pedem ajuda a secretárias de outras empresas e copiam modelos, o que compromete a qualidade e a originalidade desses documentos. Quando entregam os contratos, dizem que elas fizeram, e os chefes, fingem que acreditam. Na prática, é o que normalmente acontece.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Geysifevereiro 6th, 2012 - 23:45

Certo. Mas ela precisa identificar esses contratos, estou certa? Você pode me dizer quais os contratos mais comuns de uma empresa? Ou os que passam com mais frequência nas mãos da secretária?

Obrigada Mirian.
Abraço.

Geysi

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserfevereiro 7th, 2012 - 19:01

Olá, Geysi!

Infelizmente não tenho essa informação para transmitir a você. Também tenho dúvida se alguém teria uma resposta exata. Dependerá do segmento de atuação da empresa, do departamento, do chefe e, principalmente, da competência de cada secretária.

Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Geysifevereiro 8th, 2012 - 1:50

Ok! Obrigada mesmo assim!

Um abraço.

Geysi

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserfevereiro 8th, 2012 - 16:11

Olá, Geysi!
Boa sorte em seu trabalho e sucesso em sua carreira.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mariamarço 6th, 2012 - 12:44

Eu gostaria muito de falar com você, mas não quero deixar nada postado aqui.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassermarço 6th, 2012 - 15:20

Olá, Maria!

Muito obrigada pelo seu contato. Se quiser me escrever algo bem íntimo ou particular, escreva para mirian@methode.com.br. Ninguém irá ver sua mensagem, fique tranquila.
Seja o que for, não se aflija. Dê tempo ao tempo que tudo se resolverá!
Fique em paz!
Boa sorte!
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mariamarço 6th, 2012 - 17:23

Puxa, me emocionei com suas palavras e por sua atenção. Desde já lhe agradeço com carinho.
Fique com Deus!
Beijos!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Carla Nerisabril 5th, 2012 - 13:53

Olá!
Eu me chamo Carla. Desculpe a invasão, pois copiei o seu e-mail e quem me deu foi a Maria.
Posso também lhe enviar um e-mail? Sou inciante e estudante do ensino médio.

Parabéns pelo site, está me ajudando muito!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserabril 5th, 2012 - 19:52

Olá, Carla!

Já respondi ao seu e-mail e lhe desejo boa sorte em seu trabalho. Você é jovem e tem uma vida toda pela frente. Serão muitas as experiências profissionais, com pessoas e de estudo que terá oportunidade de aproveitar.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Carla Nerisabril 5th, 2012 - 20:30

Obrigada, Mirian!
Estou aguardando o e-mail para te avisar mas te adianto que vou querer sim.
É bom adquirir conhecimento.

Obrigada.
Parabéns pelo site e por nos orientar com sua ajuda.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserabril 5th, 2012 - 20:35

Olá, Carla!
Sou eu quem agradeço os elogios e interesse. Com certeza, só através de estudo e experiência é que poderá ser tornar uma excelente profissional.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Ângelajulho 10th, 2012 - 16:01

Olá! Que artigo interessante! Não poderia deixar de comentar. Estou iniciando a carreira agora. Sou jovem e tenho alguns medos, mas procuro muito aprender, por isso, por acaso, entrei nesse site e estou muitíssima feliz por esse artigo. Agora vou ler tudo que tiver por aqui. Obrigada, pois posso me espelhar em mais uma das profissionais exelentes, Mirian Nasser.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserjulho 10th, 2012 - 16:48

Olá, Ângela!
Muito obrigada pelo seus elogios e interesse em meu trabalho. Tenho certeza de que com a leitura dos textos você adquirirá mais experiência e conhecimento. Para quem é jovem e está em início de carreira é muito natural sentir medo e ficar insegura. Porém, tenho certeza de que conseguirá ser uma boa profissional porque é interessada e, como disse, gosta de aprender.
Um abraço.
Boa sorte!
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
saharamarço 6th, 2015 - 14:09

Muito obrigada. Este artigo é encorajador. Vou seguir estes exemplos e me tornar numa pessoa melhor. Tenho sofrido muitos comentários maldosos por mudar de uma área melhor e gostaria muito que me ajudasse.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassermarço 9th, 2015 - 4:06

Olá, Sahara!

Agradeço seu contato e elogios.

Sempre que quiser, poderá ler meus textos que, certamente, lhe ajudarão. Não se importe com os comentários das pessoas e, melhor, não comente nada com elas, pois em nada lhe ajudarão.

Cuide da sua vida e faça tudo o que sentir que será bom para você.

Amigos de verdade, não no criticam e sempre querem nos ver felizes.

Um abraço.
Boa sorte!
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)

Deixe um comentário

Seu comentário

Produzido por Quintal Brasil | SEO - Site Otimizado por Quintal Brasil | Feito em Feito em Wordpress