Desabafo Virtual

Teve um dia ruim? Algo não saiu como planejado? Quer desabafar?

Compartilhe sua história conosco!

Peço, apenas, que não ultrapasse o limite máximo de dez linhas e, caso necessário, sua mensagem será revisada (sem alterar seu conteúdo ou significado).

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: -7 (from 7 votes)

Versão para Impressão Versão para Impressão
Compartilhe:
  • Twitter
  • Technorati
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • LinkedIn
  • dihitt
  • Rec6
  • Live
  • Google Bookmarks

Comentários (448)

Marijulho 28th, 2010 - 21:47

Imaginem a situação: você publicar seu curriculum em site considerado, pagar por isso, ter todas as competências para exercer a profissão, ser uma profissional experiente que sempre foi efetivada após o período de experiência, ser sempre requisitada e valorizada pelos colegas de trabalho, ser uma pessoa em contínua ascensão profissional e um dia se deparar com uma demissão simplesmente porque não entendeu o que o executivo queria. Dois meses são suficientes para conhecerem seu trabalho? Será que após 20 anos executando profissionalmente com performance suas atribuições secretariais você desaprendeu o ofício? Será que a grande maioria de executivos ainda não sabe usar os serviços da secretária? Trabalhar das 7h às 23h não foi suficiente para o executivo. Ele me pediu para “usar a cabeça” e não ficar até tarde. Pérolas como esta não devem ser desmotivadoras, mas deve nos fazer pensar sobre a “disponibilidade de horário” que não significa eficiência, e que respeito profissional é o que devemos conquistar.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +21 (from 21 votes)
Mirian Nasserjulho 29th, 2010 - 3:16

Olá, Mari!
Eu entendo perfeitamente seu sentimento de revolta. Infelizmente temos de conviver, trabalhar e lidar com pessoas sem a menor sensibilidade e respeito pelo ser humano. Alguns chefes acham que por ganhar mais e se considerarem mais importantes, estudados e preparados que seus subalternos podem humilhar sua equipe e outros funcionários da empresa. Com certeza, ele deve ter rebaixado outras secretárias ou colaboradores que trabalham ou trabalharam para ele. Não houve empatia entre vocês e ainda bem que não terá mais o desprazer de trabalhar para ele. Como você mesma mencionou, é uma profissional capaz e terá a oportunidade de encontrar um executivo à altura de suas expectativas que a valorize e a respeite. Lembre-se: quem está com problema é ele e não você! Portanto, não se culpe, cuide de sua paz interior e torça que ele mude esse comportamento. Caso contrário, quem será demitido será ele.

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +7 (from 9 votes)
laisoutubro 26th, 2010 - 15:33

Estou iniciando neste ramo, não por vocação, e sim por querer crescimento profissional.
Comecei há pouco tempo numa micro empresa e já tive de enfrentar mil obstáculos, como, por exemplo, organizar o escritório, saber compreender perfeitamente o que me pedem. Passei por alguns apuros e
ainda não sei bem quais são minhas funções aqui. Preciso de ajuda!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nasseroutubro 26th, 2010 - 19:15

Olá, Laís!

Percebi em seu comentário, uma certa angústia e pensamentos confusos. Como mesma disse, se não tem vocação é melhor procurar outro tipo de trabalho ou outra função na empresa em que possa ser mais útil, mostrar sua capacidade e desenvolver suas habilidades. Só assim poderá ter crescimento profissional, pois somos avaliados constantemente, independente do cargo ou função que exercemos. É fundamental que se faça com eficiência e profissionalismo seu trabalho. Se está insatisfeita, converse com seu chefe e peça uma oportunidade em outra área. Outra possibilidade é pedir ajuda a alguma secretária que conheça ou fazer um curso especializado na área. Não force sua natureza e faça aquilo que realmente gosta. Só assim terá o reconhecimento que merece. Se puder me escreva e conte o que decidiu.
Avalie com calma sua situação e boa sorte em sua decisão!

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +8 (from 8 votes)
Vivijaneiro 22nd, 2011 - 0:18

Sou estudante de técnico de secretariado e estou no 3º semestre. Preciso de sua ajuda para meu TCC pois o tema é “por que não existe tanta faculdade de secretariado no ABC ou por que as que existem não fazem tanta publicidade?”. Gostaria muito que você me ajudasse. Desde já agradeço.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserjaneiro 22nd, 2011 - 11:10

Olá, Vivi!

Agradeço seu contato e interesse em meu site. Não costumo dar orientação sobre trabalhos de TCC pois esse não é o foco do meu trabalho. O que posso fazer é pedir para você ir em algum curso de secretariado seja ele em nível técnico ou acadêmico e perguntar à direção sobre essas dúvidas. Só quem está nesse meio é quem poderá lhe dar a melhor resposta. Seria uma espécie de entrevista. No trabalho poderá colocar o nome da instituição, responsável pela entidade e o que for necessário para seu trabalho ser diferenciado e esclarecedor.
Pergunte ao seu professor se ele concorda com isso.

Acredito que não há muitos cursos tanto no ABC como no resto do país por falta de procura e demanda. Quanto mais procura há, maior é o número de salas de aula em uma faculdade e cursos abertos pelo Brasil. É a chamada “lei da oferta e procura”.

Boa sorte!

Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Fernanda Mayaramarço 14th, 2011 - 13:36

Olá, bom dia! Trabalho como secretária há pouco tempo (10 meses). Tenho 21 anos, mas acho que faço mais do que minhas obrigações. Estou meio sem saber o que fazer, pois não assinaram minha carteira de trabalho até hoje, só estou aqui ainda porque preciso desse emprego. Não sei o que fazer pois já estou ficando cansada. Eu ganho somente um salário, creio que não vão me dar férias, e eu não sei bem dos meus direitos estando nessa situação. Por favor, me ajude. Obrigada.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nassermarço 14th, 2011 - 18:03

Olá, Fernanda!
Sinceramente lamento muito pelo que está passando. Realmente isso é inaceitável. Não sei se isso só acontece com você ou com outras secretárias/funcionários. Acredito que trabalhe em uma empresa pequena que não respeita seus funcionários. Se houver RH lá, fale abertamente sobre sua situação e se posicione firmemente para uma resposta da empresa quanto à sua efetivação. Eu não entendo de leis trabalhistas, porém, acho que essa empresa não é adequada para você. Não terá nenhum futuro lá, somente péssimas lembranças. Com certeza, não valorizam os clientes/funcionários. Além disso, comentou que faz muito mais do que sua função e, realmente salário mínimo nem empregada doméstica sem qualificação e experiência ganha mais e ainda assim elas exigem o registro em carteira senão vão à justiça receber seus direitos. Nas grandes empresas, office-boys que estão no primeiro emprego, são os que recebem salário mínimo. Você deve analisar bem a situação, pois mesmo sendo efetivada não é uma empresa que merece uma funcionária como você. Da mesma forma que precisa de emprego, muitas empresas precisam de funcionárias dedicadas como você. Vá a uma agência de emprego, exponha sua situação e tente sair de lá o mais rápido possível pois está sendo explorada e enganada. Espero que tenha o registro na DRT, caso contrário, será muito difícil conseguir um cargo de secretária a não ser que comece a estudar logo. Existem cursos técnicos profissionalizantes gratuitos fornecidos pelas escolas estaduais e também cursos pela internet. Porém, caso não queira mais trabalhar como secretária, existem outras funções que poderá exercer e ganhando muito mais que isso. Acredite em você!

Boa sorte e me escreva contando o que decidiu.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
ana paulamarço 17th, 2011 - 1:44

Estou no começo do curso de secretariado e estou amando. Sinto que essa é minha missão. Um dia vou ser como você. Gostaria de dicas de cursos e em que devo investir.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 3 votes)
Mirian Nassermarço 17th, 2011 - 3:23

Olá, Ana Paula!

Agradeço muito seu comentário e elogio. Isso só me faz acreditar também que essa é a minha missão. Você ainda foi mais feliz que eu porque descobriu logo qual é a sua missão. Eu demorei quase 20 anos. Faça todos os cursos que envolvam sua área (idiomas, redação, informática, boas maneiras, equilíbrio emocional, etc.) e invista muito em leitura, pois quanto mais ler, mais conhecimento e autonomia terá em seu trabalho. Pesquise também sobre grupos de secretárias na internet para se desenvolver, tirar dúvidas e se reciclar profissionalmente.
Um abraço e boa sorte.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +5 (from 5 votes)
ana paulamarço 17th, 2011 - 15:21

Obrigada. Vou seguir suas dicas.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
vanessaabril 6th, 2011 - 20:14

Não suporto mais a cara de desprezo de meus chefes. Parece que não me suportam mais e que não estão satisfeitos com meu trabalho, mas não têm coragem de falar o que está acontecendo.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +2 (from 2 votes)
Mirian Nasserabril 9th, 2011 - 19:13

Olá, Vanessa!

Muito obrigada pelo seu contato e interesse em meu site.
Eu imagino bem o que está sentindo. Já passei por situação semelhante. Tente se lembrar de alguma falha que cometeu, se foi realmente grave e se seus chefes aceitaram suas desculpas na ocasião do ocorrido (se é que assumiu o erro e se desculpou). Lembre-se: só erra quem trabalha, e quanto mais se trabalha, mais sujeito ao erro e a distrações estamos; portanto, não se sinta culpada. Discutir a relação é sempre muito difícil, seja em que ambiente for (comercial, profissional, familiar, fraternal, sentimental, etc.). Muito chefes sentem verdadeiro pavor ou mesmo desconforto em apontar os erros dos funcionários, demiti-los ou mesmo quando é para elogiá-los. Nesses casos, fica um clima muito pesado no ar, e, se tiver coragem, tente conversar com eles para descobrir o que aconteceu. Somente eles poderão lhe esclarecer, isso se forem sinceros com você. Se achar melhor, peça demissão ou tente um acordo para que não haja rancor de nenhuma parte e para que você possa trabalhar em outro ambiente, mais agradável e promissor.

Se puder, me escreva para contar o que decidiu.

Boa sorte!

Um abraço.

Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Kelly Renzijunho 14th, 2011 - 17:43

Mirian, preciso de um emprego como secretária. Existe algum canal de comunicação com você para eu te enviar um CV? Acredito que você deve ter contato com várias pessoas que possam me ajudar.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nasserjunho 15th, 2011 - 19:45

Olá, Kelly!

Muito obrigada pelo seu contato. Infelizmente arrumar empregos via internet, ainda mais para pessoas que não conheço, não é o foco do meu trabalho. Tenho certeza de que você é uma pessoa inteligente e experiente e conseguirá o emprego que deseja. Não me leve a mal, mas esse tipo de abordagem não fica bem. Lembre-se: educação, elegância e discrição são indispensáveis para quem quer ser secretária, entre outras características, é claro!
Boa sorte!
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +2 (from 2 votes)
Saiurijunho 17th, 2011 - 18:03

Oi, Mirian! Tudo bem com você? Há um bom tempo queria escrever aqui, entretanto, a vergonha era bem maior. Meu sonho era ser tradutora, pois acredito que tenho facilidade e gosto para idiomas, coincidentemente até comecei a cursar o mesmo curso que você, na Unibero! Entretanto, pelas dificuldades, vou optar por uma graduação de secretariado executivo bilíngue, pois acredito que será uma forma de me manter ligada na área de comunicação e outras que acabo me interessando. Mesmo lendo diversos textos sobre a carreira, ainda me sinto muito insegura sobre o mercado e isso está me incomodando muito! Poderia me ajudar? Um abraço e obrigada.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Daniela F.junho 17th, 2011 - 20:49

Sou formada em secretariado pela Fatec há 1 ano. Tenho inglês fluente e francês intermediário. Meu penúltimo emprego atuei como assistente de diretoria, auxiliava diretores e equipe. Comecei um novo trabalho há 3 meses em uma grande empresa, porém, atendo apenas uma equipe e uma diretora de vendas. Tenho todas as funções de uma secretária de diretoria, mas minha carteira foi assinada como recepcionista/ass.administrativa e isso me incomoda. Devo dizer que gostaria de uma assinatura na carteira como secretária de diretoria ou devo deixar como está? Essa situação poderá atrapalhar em uma oportunidade futura ou o que vale é a experiência na prática?
Agradeço se puder responder.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nasserjunho 17th, 2011 - 23:49

Olá, Daniela!
Muito obrigada pelo seu contato e seu depoimento. Parabéns pela sua formação e nível de estudo. Analisando friamente sua situação diria que:
- Você foi informada pelo RH que seria registrada como tal ou foi surpresa?
- Seu salário atual é superior ao emprego anterior ou é compatível com a função que exerce?
- As outras secretárias da empresa estão na mesma situação que você, isto é, ganham mais ou menos igual a você e estão registradas com a mesma descrição que a sua mesmo exercendo a mesma função?
- Sua diretora sabe da sua situação e ela poderá interceder por você?
Se você tem o DRT, você deveria sim ser registrada como secretária, porém, existem empresas que registram como assistente de diretoria ou gerência, embora atuem como secretárias e, na maioria das vezes, o salário é um pouco abaixo ao que ganha uma secretária, embora desempenhem as mesmas funções.
Como você é novata na empresa, talvez não tenha feito muitas amizades e não possa comentar sua situação com qualquer funcionário, porém, se isso a incomoda, você deve falar sim a respeito, até porque você não é recepcionista e não deveria ser registrada como tal, inclusive, nem sei se legalmente é correto fazer isso.
Sinceramente eu não sei se essa situação irá atrapalhá-la no futuro. Tudo dependerá da empresa em que for trabalhar e da referência que tiver desse emprego atual. Tente fazer um contato com o sindicato das secretárias, lá existem advogados experientes e competentes que poderão lhe auxiliar na melhor tomada de decisão.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nasserjunho 18th, 2011 - 0:05

Olá, Saiuri! (não sei se esse é o seu nome ou apelido).
Obrigada pelo seu contato e depoimento. Se seu sonho é ser tradutora e tem facilidade com idiomas, faça a faculdade de secretariado e, posteriormente, quando estiver com uma situação financeira melhor, faça uma pós em tradução ou cursos livres de tradução. Isso irá ajudá-la em muito na sua profissão, poderá fazer trabalhos de tradução como free-lancer, além de enriquecer e destacar seu currículo dos demais.
Faça alguns cursos na área, tente conversar ou participar de grupos virtuais de secretárias, vá a palestras, acesse mais sites e blogs sobre a profissão, faça contato com o sindicato para tirar suas dúvidas, entre outras alternativas que a ajudarão a se sentir mais confiante e segura e saber se é realmente a profissão que quer seguir, até porque acho que não tem ainda experiência na função.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Edmilson Simãojunho 20th, 2011 - 13:55

A vida é uma escola, o tempo, professor e, cada acontecimento, uma lição aprendida.
Por isso, seja resposável!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nasserjunho 20th, 2011 - 17:36

Olá, Edmilson!

Obrigada pelo seu contato. O que escreveu é a mais pura verdade, porém, como seres humanos que somos, estamos sujeitos a enganos, erros, mal-entendidos e muitas dificuldades no trato com as pessoas e na resolução de alguns problemas e, por isso, estamos em constante processo de aprendizado e evolução.
Agradeço sua participação.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Alessandrajunho 24th, 2011 - 22:17

Olá, Mirian!

Sou recém formada em secretariado executivo e estou trabalhando em meu primeiro emprego efetivo como secretária, pois as outras experiências foram como estagiária.
O problema que estou enfrentando com o meu chefe é que ele é muito esquecido e também exigente. Ele esquece quase tudo e muitas coisas que ele não me fala e acha que falou ele cobra, briga e diz que uma secretária competente saberia como agir naquela situação. Ele não é uma má pessoa mas levo muitas broncas diariamente por conta disso. Eu me policio constantemente quanto a isso, mas é impossível ser como ele quer porque também tenho que realizar todas as outras tarefas pertinentes à minha profissão e ainda ser a memória dele, realmente não sei o que fazer. Help!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: -1 (from 1 vote)
Mirian Nasserjunho 25th, 2011 - 16:06

Olá, Alessandra!

Muito obrigada pelo seu contato e confiança em minha opinião.
Sei bem como está se sentindo pois já tive uma experiência semelhante, não em início de carreira, mas já em meu último emprego como secretária. Esse meu chefe era muito inteligente e ágil, porém, muito desorganizado e esquecido em igual proporção, quanto às suas tarefas e compromissos. Ele não se lembrava onde havia guardado determinado documento ou relatório ou algum equipamento ou brinde da empresa e sempre dizia que havia me dado para guardar quando ele não encontrava nos armários da sala dele. Não era raro ele se esquecer de pegar a carteira ou o celular que ficava sobre sua mesa de trabalho quando saía para algum compromisso. Uma vez até esqueceu uma malha no banco de um carro de táxi em Belo Horizonte. A vantagem é que ele tinha o cartão do taxista e pude resgatar a tal roupa via correio. Outra ocasião foi um relógio caro esquecido no apartamento de um hotel de luxo no nordeste. A sorte é que, por insistência minha, consegui localizar o tal relógio, (presente de aniversário da esposa dele) pois havia sido encontrado pela camareira e estava guardado na recepção à espera do dono. Ele, inclusive, já havia perdido as esperanças de reencontrar o tal relógio porque, na ocasião, havia falado várias vezes por telefone com muitos funcionários do hotel mas ninguém sabia do paradeiro do relógio. Ele até achou que havia sido roubado por algum hóspede ou funcionário. Quando meu chefe, já desiludido, me contou essa história tentei ver o que poderia fazer, mesmo sem muita esperança, pois já havia se passado quase uma semana do episódio. Porém, houve um final feliz para o problema porque depois de falar novamente com todos os funcionários do turno da manhã, resolvi apelar para a camareira e o pessoal da recepção do turno da noite, coisa que meu chefe não havia feito, e, assim tudo foi esclarecido. Nessas ocasiões é necessário se cercar de todas as possibilidades.
Quanto à sua pergunta, acho que seria melhor você anotar tudo o que ele der para você guardar ou mesmo encaminhar a alguém (relatórios, documentos, pagamentos, apresentações, equipamentos, até dinheiro) ou até mesmo protocolar. Caso ele comente que está com ele determinado objeto, anote em sua agenda o dia e o horário dessa conversa, porque, se acontecer de novo, você terá como comprovar a ele quem está errado. Além disso, poderá mostrá-lo que você é sim uma profissional atenciosa, organizada e eficiente e nunca mais ele irá acusar ou insultar você. Se quiser ainda, poderá, no dia seguinte, quando for despachar com ele, lembrá-lo de suas anotações para ele não ter dúvida de que você está atenta ao que se passa no escritório e que ele sempre poderá contar com você caso haja algum problema ou eventualidade. Eu fazia assim e sempre dava certo e ainda me vi livre de acusações e cobranças desnecessárias.
Espero ter ajudado você.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Alessandrajunho 26th, 2011 - 22:04

Olá, Mirian!

Obrigada pela atenção em responder tão rápido!
A experiência e dica que compartilhou com certeza foi muito útil. Vou seguir o seu conselho!
Muito obrigada.
Um abraço.
Alessandra

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserjunho 27th, 2011 - 18:40

Olá, Alessandra!

Eu é quem agradeço seu interesse em minha opinião e no site. Fico feliz em poder ajudar e compartilhar experiências com todos que me escrevem.
Tenho certeza de que seu chefe irá elogiá-la e admirar ainda mais seu trabalho, pensará muito antes de falar algo que a desagrade e você não será mais refém dele.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Saiurijunho 28th, 2011 - 15:14

Oi, Mirian!
Muito obrigada pela resposta!

Como você mesma me orientou,
vou utilizar meu gosto pela tradução a favor da carreira de secretariado,
ganhando um destaque a mais no currículo.

A propósito, gostaria de saber se
como secretária bilíngue, há possibilidade de viajar com o executivo para assessorá-lo.

(Sim, Saiuri é o meu nome).

Muito obrigada.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserjunho 28th, 2011 - 16:19

Olá, Saiuri!

Agradeço também seu retorno. Fico feliz que tenha gostado da minha sugestão.

As secretárias podem sim viajar com o executivo quando solicitado. Em geral, elas preparam apresentações, relatórios, atas; organizam eventos e recepções e participam de reuniões em outras cidades ou até em outros estados. Muitas vezes, essas viagens podem demorar quase a semana toda. Tudo dependerá da necessidade do chefe, da disponibilidade da secretária e da sintonia entre eles.

Você tem um nome bem incomum. É suave e delicado e deve ter um belo significado em japonês.
Um abraço e boa sorte!
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Letíciajulho 4th, 2011 - 18:55

Olá! Meu nome é Letícia e gostei muita da matéria falando sobre a profissão de secretária.

Tenho uma dúvida cruel. Trabalho em uma empresa de eventos (aqui nós fazemos locação de equipamentos de som) e atendo telefonemas e os repasso ao meu patrão, pago contas, arquivo documentos, recebo correspondências, atendo a campanhia, anoto recados, organizo o escritório, envio e recebo fax, imprimo documentos. Enfim, faço todas essas coisas, mas o meu problema na verdade e que eu não sei o que eu sou. Sei que eu deveria saber, mas não sei (será que sou uma aprendiz de escritório?). Tenho 17 anos e vou fazer um curso de férias na UNG (estou fazendo a minha inscrição e aqui está pedindo meu cargo na empresa). Não sei o que colocar. Por favor, me ajude me responda o quanto antes porque essa inscrição não pode ser feita muito tarde porque o preço aumenta. Peço desculpas porque eu deveria saber mas não sei, já pesquisei o que é auxiliar de escritório, auxiliar Administrativo, recepcionista e todas não se encaixam muito bem no que eu faço. Todas essas tarefas que eu executo são feitas praticamente todos os dias mas nem sempre, por exemplo: eu não pago contas todos os dias, não envio fax todos os dias, isso eu faço de vez em quando. As tarefas que eu realizo todos os dias é atender telefonemas, anotar recados de clientes, transmitir os recados ao meu patrão e só. Por favor, me ajude! Não posso fazer esta pergunta ao meu patrão porque ele pode me achar desleixada por não saber o que faço na empresa. Eu me sinto mal de verdade por não saber qual é minha função na empresa.

O dia do curso é 22/07/11. Por favor me responda.
MUITO OBRIGADA PELA ATENÇÃO!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserjulho 5th, 2011 - 0:07

Olá, Letícia!
Muito obrigada pelo seu contato e elogio.
Pelo que me explicou você é daquelas funcionárias “faz tudo” na empresa: é telefonista, office-boy, recepcionista, secretária e assistente. Você precisa ver como está registrada na carteira profissional. Você deverá colocar sua profissão na inscrição do curso conforme está escrito na carteira profissional. Eu sempre trabalhei como secretária, porém, antes de tirar meu registro na DRT, era registrada como assistente bilíngue ou administrativa, embora exercia as funções de uma secretária. Você é muito jovem e é bom que exerça muitas atividades para ganhar experiência no trabalho. Para mim, diria que é uma secretária júnior, isto é, uma secretária português em início de carreira. Não estranhe sua dúvida. Há muitas secretárias que exercem outras funções além das suas atuais habilidades. Muitas também são telefonistas, recepcionistas, assistentes de departamentos etc. por não haver muitos funcionários na empresa e elas serem obrigadas a exercer várias atividades ao mesmo tempo, embora o salário não seja compatível com todas as funções que exercem.
Um abraço.
Boa sorte em seu curso!
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Karen Sartoratojulho 14th, 2011 - 14:04

Olá! Meu nome é Karen e estou iniciando na profissão de secretária. Trabalho há menos de um mês em um escritório de contabilidade e já de começo cometi alguns erros como esquecer de entregar papéis que continham valores e outros que deveriam ficar na empresa. Minha chefe está fazendo alguns serviços que seriam meus, coisa que nunca aconteceu no escritório. Gostaria de sua ajuda, pois, além de gostar muito do emprego e de tudo que o engloba, também preciso dele. Estou preocupada e preciso de ajuda. Também esqueço muito fácil das coisas e tenho problemas para entender o que me passam. O que posso fazer?

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
THAISjulho 14th, 2011 - 18:10

Trabalho como secretária há 1 ano. Meu chefe já me elogiou e tudo, porém, tem uma menina que trabalha há mais tempo do que eu e ela sempre quis tirar proveito de mim. O que acontece é que ele me trata com indiferença, não me acha capaz, fica passando minhas obrigações para os outros, tipo querendo me sentir sem capacidade para exercer a função que foi me dada. Quando tento falar com ele, mal me olha. Já tentei realmente inverter essa situação, mas parece que nem sou uma funcionária. Pior é que eu preciso do emprego e não sei o que fazer. Na verdade, estou infeliz. Cumpro todas as minhas obrigações da maneira mais prática e rápida, mas parece que ele não confia em mim. Ele quer me fazer sentir assim e acabo me sentindo mal porque as pessoas falam que determinada função era para eu fazer e não elas, porém, quero fazer as minhas obrigações mas meu chefe não deixa.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nasserjulho 14th, 2011 - 22:10

Olá, Thaís!
Achei seu desafabo um pouco confuso. No início disse que trabalha como secretária há um ano e que seu chefe já a elogiou. Porém, comenta também que atualmente o relacionamento de vocês está ruim e que, ainda por cima, existe uma menina (ela é secretária?) que sempre quis se aproveitar de você. Também relatou que os outros funcionários fazem o serviço que seria sua função fazer por não confiarem em seu trabalho. Se você já tentou reverter a situação e não conseguiu, precisa agir de outra forma. Se seu chefe já a elogiou é porque gostava de seu trabalho. E por que será que não gosta mais? Faça uma profunda reflexão e veja o que está realmente acontecendo. Será que esses funcionários que, aparentemente, não gostam de você não falaram mal de você e de seu trabalho para seu chefe? Se você se acha uma boa profissional, faz tudo certo e, mesmo assim, o clima no trabalho não está bom, é certo que algo está muito estranho. Como está infeliz, abra seu coração e fale abertamente com seu chefe sobre medos, sentimentos, frustações, rejeição, objetivos, ambições, trabalho, ressentimentos, fofoca, etc. Se, mesmo assim, nada mudar, é porque realmente não há futuro para você lá. Deverá procurar outra empresa em que as pessoas a respeitem e onde você poderá mostrar seu valor. Se você é uma boa profissional, conseguirá logo um novo emprego, se sentirá em paz e ficará mais feliz, pois é o que tanto quer no momento.

Boa sorte!

Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
Mirian Nasserjulho 14th, 2011 - 22:24

Olá, Karen!
Bem, de início quero acalmá-la porque quando iniciamos em um novo emprego, há uma certa insegurança, medo de errar, vontade de acertar, desejo de aprovação pessoal e aceitação do nosso trabalho. Enfim, ficamos vulneráveis a tudo e a todos! Um mês é muito pouco tempo para se adaptar ao novo trabalho e às pessoas. Você ainda está em período de experiência. Se você se esquece dos compromissos, procure anotá-los e ficar mais atenta ao que os outros funcionários lhe pedem. Veja o que está acontecendo. Você não entende a instrução que lhe passam porque falam rápido demais, não são muito claros, falam pela metade ou porque as pessoas são confusas mesmo? Muitas vezes, é difícil até de entender a letra e a instrução do próprio chefe, o que me dirá dos outros funcionários? Se não entender, peça para repetirem a instrução ou então peça para eles lhe enviarem por escrito (via e-mail). Assim, não terá dúvidas na hora de executar o trabalho. Se o problema estiver com você, se for desatenta ou esquecida, procure melhorar seu desempenho no trabalho porque, caso contrário, você poderá prejudicar alguém ou ser prejudicada e até perder seu emprego, até porque está em período de experiência. Faça um curso rápido de reciclagem profissional, converse com outras secretárias mais experientes e tire dúvidas e ouça com atenção todas as dicas que puder. Só assim poderá ter certeza de suas qualificações e perceber se tem perfil para ser secretária.
Você não comentou se é jovem, se é o seu primeiro emprego ou se tem curso de secretariado. De qualquer forma, se gosta do trabalho, se esforce e conseguirá melhorar. O primeiro passo você já deu, que é o de reconhecer suas fraquezas e limitações. Agora, o que precisa fazer com urgência, é mudar esse quadro, porque, tenho certeza, é capaz disso.

Boa sorte!

Um abraço.

Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Lucimara Silva Limajulho 27th, 2011 - 13:51

Bom dia, Mirian!
Meu nome é Lucimara e estou com uma dúvida e, por isso, gostaria de sua ajuda. Trabalho em uma entidade há 3 anos (carteira assinada) como assistente administrativa. Sempre fiz bem o meu trabalho, nunca tive uma reclamação sequer, ao contrário, sempre fui elogiada na minha função. Porém, entrou agora na empresa um novo chefe e quer me rebaixar de cargo para Auxiliar de Serviços Gerais. A minha dúvida é se isso é legal. Como devo proceder nesse caso. Devo ou não aceitar? Por favor, me ajude.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserjulho 27th, 2011 - 18:08

Olá, Lucimara!

Muito obrigada pelo seu contato e depoimento.

Não sou advogada, muito menos entendo de leis. Porém, o que posso lhe adiantar é que não se pode rebaixar o cargo e o salário em uma mesma empresa. Se você saísse de lá e fosse trabalhar em outra empresa com um cargo e salário inferiores ao que tem hoje isso seria perfeitamente possível. Ex.: Um executivo que é diretor em uma empresa hoje e amanhã está em outra empresa como gerente. É claro que o salário ficará menor.
No seu caso isso não é legal muito menos decente porque se é uma boa funcionária não tem porque estarem agindo assim com você. Será que esse novo chefe não quer contratar outra funcionária para seu lugar e, por isso, está querendo rebaixar você?

Pelo que sei, serviços gerais é um departamento onde se concentram pessoas que fazem de tudo um pouco: limpeza, cópias, fax, correios, encadernação, recebimento e entrega de documentos e materiais, manutenção, pequenos reparos, serviço de motoboy, etc. Algumas empresas até terceirizam esse tipo de serviço. Acredito que não tenha nada a ver com o trabalho que faz hoje. Veja na sua empresa como é esse departamento e qual seria sua função lá. Talvez fosse secretária do departamento?

De qualquer forma, tente conversar com o RH e veja o que está acontecendo. Quem sabe não querem que você peça demissão e, por isso, estão intimidando você para forçá-la a sair da empresa.

É muito triste o que me contou. Em último caso, converse abertamente com seu novo chefe e pergunte a ele porque está pensando assim. Ele poderá ser franco ou não. Talvez ele não tenha gostado do seu trabalho ou não tenha simpatizado com você, infelizmente, isso acontece. Por mais que faça tudo certo, ele pode achar que outra pessoa faria melhor. Entende?
Quanto a aceitar ou não o cargo, só você poderá decidir. Reflita bem!
Boa sorte!

Um abraço.

Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
xxxtubeagosto 1st, 2011 - 21:26

Excellent Blog !

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Elianaagosto 3rd, 2011 - 16:57

Olá! Estou me formando pela FATEC em secretariado bilíngue e secretario uma pessoa há três anos e fazemos uma parceria perfeita. Depois que ingressei na faculdade as coisas melhoraram 100%, pois aprendi técnicas importantes para nosso dia a dia. A cada dia ele tem elogiado meu trabalho e cada secretária que entra na empresa ele pede para que eu as treine. Já o conheço há três anos e não tenho tanta dificuldade em saber o que ele quer. Saio sempre na frente.

Umas das técnicas importantes que aprendi na faculdade foi o follow up que é infalível e não me deixa esquecer nada, o que torna meu principal aliado para um trabalho eficaz.
Abraços a todas!

Eliana Albuquerque

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseragosto 3rd, 2011 - 21:00

Olá, Eliana!

Agradeço novamentre sua participação e parabéns pela sua trajetória profissional de sucesso e muita dedicação!

É muito difícil fazer uma faculdade e se realizar no curso. Mais raro ainda é exercer a profissão em que se formou e gostar do que se faz. Existem muitas secretárias que atuam na área para conseguirem ingressar em outros departamentos ou mesmo mudar de profissão. Seria uma espécie de trampolim para a carreira. Muitas vezes, as pessoas atuam na profissão por comodismo, medo de mudar, imaturidade, dificuldade para saber do que gosta e, por isso, aceitam a situação e desenvolvem uma carreira medíocre e frustante.

Você é um exemplo de que com esforço, dedicação, estudo, competência e, principalmente, amor peloo que se faz, é a chave para a realização e sucesso de qualquer profissão. E o reconhecimento acontece naturalmente.

Parabéns!

Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Delma Fatima Navesagosto 9th, 2011 - 0:37

Boa noite! O que me trouxe a esse blog foi o simples fato de que trabalho em uma empresa pública, passei em um processo seletivo interno para ocupar a função de secretária da superintendência. São duas secretárias que se revezam nos seguintes horários: uma das 8h às 14h e a outra das 12h às 18h, sendo que a outra secretária tem 10 anos nessa superintendência e eu, apenas 1 mes de função, embora esteja na empresa há 2 anos. Ela conhece todo mundo e não me passou todas as informações necessárias ref. ao serviço. Por isso fico em desvantagem pois não conheço ninguém e ela sequer me ajuda nesse quesito. Simplesmente ignora a minha existência. Fico frustada pois sei do meu profissionalismo. Fui orientada por funcioários da empresa a falar com o gestor, porém, fico apreensiva por ser mal interpretada, mas sinto que tenho que tomar alguma atitude.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseragosto 9th, 2011 - 19:01

Olá, Delma!

Muito obrigada pelo seu contato e interesse em minha opinião. Realmente você está passando por uma situação profissional muito delicada. Se você não se manifestar, sofrerá com a situação e poderá até ser prejudicada no trabalho. Se falar com seu gestor, poderá ser mal-interpretada e tida como insegura ou imatura. Já passei por situação semelhante em algumas empresas e tive atitudes diferentes em cada uma delas. Como está há pouco tempo no departamento, sinta mais um pouco o ambiente, a forma como ela lhe trata e como seu chefe se comporta. Haverá um dia em que ela precisará de sua ajuda (falta, férias, atraso) e você, gentilmente, precisará ajudá-la. Quando você precisar de ajuda, veja como ela se comporta. Se notar que ela continua alheia a sua presença ou se tenta boicotá-la, fale com seu gestor. Você já terá bons argumentos para falar com ele e, com certeza, ele entenderá sua posição. Também poderá conversar com ela antes e dizer que se o ambiente continuar difícil, você terá que falar com seu chefe. Entenda que isso acontece com quase todo mundo no ambiente de trabalho. Os funcionários mais velhos ou mais antigos têm medo de ensinar o serviço porque acham que irão perder o emprego ou então os outros acharão o novo funcionário mais eficiente e competente que a tal pessoa. Perder o emprego ela não irá, até porque trabalha em um órgão público. Numa oportunidade tente explicar a ela que você conquistou esse trabalho por mérito próprio e que só quer fazer bem seu trabalho e contribuir para o bom andamento do departamento mas que, para isso, será necessário a colaboração dela, até porque ambas trabalham para a mesma empresa e o mesmo chefe e que ele também ficará prejudicado.
Talvez ela haja assim para intimidá-la ou para que se sinta inferior, mas quem está se sentindo ameaçada é ela, senão não se comportaria assim. Você tem a mesma capacidade (ou mais) que ela para ocupar a função e procure se valorizar e ocupar seu espaço que lhe é devido.

Vocês não precisam ser amigas, mas se conseguirem ao menos serem cordiais e profissionais uma com a outra, já ajudará muito.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Cassia Lemesagosto 24th, 2011 - 14:50

Bom dia, Mirian!

1°, parabéns pelo seu trabalho. Estamos organizando um evento para o dia da secretária e gostaria de saber se poderia ajudar com algumas ideias que poderíamos apresentar no dia, além de palestras.
Abraços.

Cassia Lemes

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseragosto 24th, 2011 - 16:39

Olá, Cássia!
Muito obrigada pelo seu contato e elogios. Gostaria de saber mais detalhes sobre você e esse evento. Por favor, me escreva no e-mail: mirian@methode.com.br .
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Rafaagosto 25th, 2011 - 19:10

Tenho 16 anos, nunca trabalhei formalmente, não por falta de vontade, mas por falta de oportunidade. Sou adolescente, do tipo comum, desorganizada, falo gírias, etc. Estou muito nervosa e desapontada comigo mesma. Faz dois dias que estou em experiência. Sabe, esse emprego era tudo que eu precisava, mas dá aquela sensação de que você não vai conseguir. Gostaria ter o poder de entrar na mente dos meus chefes e dizer assim: “É, ela se esforçou, nós entendemos que ela não conhece o lugar, ela nunca trabalhou e nunca mexeu em um telefone que liga em 3 salas!”. Estou me sentindo uma inútil, porque sei que eu fui mal e, com certeza, vai ter alguém melhor que eu na experiência. Puxa vida, agora sim estou percebendo o que realmente é ser adulto e que conhecimento hoje em dia é fundamental.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseragosto 27th, 2011 - 3:57

Olá, Rafa!
Você é muito jovem, inexperiente e nunca trabalhou, por isso como quer ser perfeita? Pessoas mais velhas e experientes que você cometem erros a todo o instante, não admitem que erraram ou nem se dão conta disso. Você, ao contrário, consegue perceber suas dificuldades, limitações e falhas e quer melhorar e aprender para ser uma boa profissional. Por isso, não se menospreze e saiba que, se não for a escolhida, valeu como experiência para poder desenvolver seus conhecimentos e aperfeiçoar suas habilidades, corrigir seus pontos fracos com cursos e leituras especializadas para assim poder se apresentar melhor e mais segura em outras entrevistas de emprego.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Tatianesetembro 6th, 2011 - 1:11

Boa noite, Mirian!
Estou exercendo atividades de secretária há 4 anos. Comecei em uma micro empresa, que, apesar de muito pequena, sempre reconheceu meu trabalho, inclusive, fiz meu plano de carreira traçando o Secretariado como um bom cargo a seguir e, por isso, me formei em Secretariado Executivo Bilíngue. Saí dessa empresa pois não havia possibilidades de crescimento e como qualquer outra universitária, sempre quis muito fazer estágio. Fiz um ano e meio em uma grande empresa e aprendi muito. Também fiz muitos contatos profissionais. Infelizmente, não pude ficar lá, pois a foco era manter estagiários. Fiquei apenas uma semana em casa, e, com medo do desemprego, agarrei a primeira oportunidade sem analisar a vaga criteriosamente. Hoje, trabalho numa empresa 100% nacional e muito tradicional (para não dizer antiga). Estou lá a pouco menos de um ano e não consegui notar nenhum crescimento profisional. Além de alguns incôomodos que tenho durante o cotidiano, alguns pontos me deixam muito frustada:
Sou registrada como ASSISTENTE mas exerço todas as atividades de um SECRETÁRIA DE DIRETORIA, e, por estar formada, é precipitado de minha parte pedir para alterar meu cargo?
- Faço diversas atividades, mas cuido exclusivamente de um executivo, que sempre me pede atividades particulares, como fazer para conciliá-las com as atividades da empresa?
- Recebo um salário igual à de um assistente, como fazer para pedir um aumento?

Um abraço.

Tatiane

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassersetembro 7th, 2011 - 2:20

Olá, Tatiane!
Pelo que notei, você já tem uma certa experiência e tem condições de trabalhar em uma boa e grande empresa, até porque é secretária bilíngue e isso ajuda muito na busca de uma oportunidade como secretária. Tente retomar seus contatos para conseguir um outro emprego que a realize mais e que ofereça plano de carreira. Procure fazer contatos com agências e consultorias de emprego para secretárias, cadastre-se nos sites das empresas e envie o seu currículo para todas as empresas que achar interessante. Quem sabe quando tirar férias não possa fazer isso? Seria uma excelente oportunidade e não atrapalharia seu emprego atual. Porém, nada a impede de já começar a procurar uma nova oportunidade.

Não conheço as normas e procedimentos dessa empresa, mas, pelo que comentou, deveria sim estar registrada como secretária porque é sua profissão e exerce plenamente a função. Talvez por não quererem ou não poderem pagar o que merece a registraram como assistente e, por isso, tem um salária igual ao de seu colega. Embora nenhuma secretária goste de cuidar de assuntos particulares dos chefes, de vez em quando ou quase sempre, isso acontece. Por isso, a sobrecarga de tarefas e responsabilidades de algumas secretárias aumenta consideravelmente. Infelizmente alguns chefes confundem o cargo de secretária (da empresa) com secretária particular.

Se houver possibilidade, converse abertamente com seu chefe ou com alguém de sua confiança do departamento de recursos humanos e exponha suas dúvidas e insatisfações. Porém, nada garante que conseguirá modificar sua situação atual. Apesar desses problemas, você gosta da empresa e de seu chefe? Estaria disposta a continuar lá caso recebesse um aumento? Reflita bem se é o momento de falar ou de se calar e agir rápido e discretamente em prol de seus interesses.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Geysisetembro 11th, 2011 - 0:43

Cara Mirian,
meu nome é Geysi, tenho 20 anos, estou estudando Superior de Tecnologia em Secretariado e estou amando fazer essa faculdade. Porém, no dia a dia tenho alguns medos e um, em especial, bem estranho, que é falar ao telefone. Pois é! Tenho esse medo de falar ao telefone, fico nervosa e esqueço o que tenho que falar. A mesma coisa acontece quando preciso falar em público. Já tentei até fazer oratória, melhorou um pouco, no entanto, ainda fico nervosa. O que posso fazer para melhorar esse meu medo? Isso é normal?
Abraço e aguardo resposta.

Adorei seu blog!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassersetembro 11th, 2011 - 21:08

Olá, Geysi!

Obrigada pelo seu contato e elogios. Você é muito jovem e, por isso, inexperiente na profissão. Além disso, está estudando para ter mais conhecimentos teóricos sobre a carreira de secretária. Foi feita uma pesquisa, onde constatou-se que um dos maiores medos do ser humano, depois da morte, é o de falar em público. Você sabia disso? Temos medo de falar em público porque não sabemos a reação das pessoas que estão nos assistindo. Se elas irão nos aplaudir ou rejeitar o que falamos. Falar ao telefone, é meio parecido, porque embora você não esteja vendo a pessoa, está falando com alguém estranho e ficamos vulneráveis à opinião e à avaliação dessas pessoas também, ainda mais se elas forem hierarquicamente superiores a nós.
Uma dica: escreva no papel tudo o que precisar dizer à pessoa ao telefone. Assim, evitará erros, não gaguejará, não ficará nervosa e, principalmente, não esquecerá o que precisará ser dito.

Não sou psicóloga, porém, talvez você seja uma pessoa tímida ou com alguma insegurança, o que a impede de se soltar e executar seu trabalho naturalmente. Uma vez, uma professora do colegial me disse uma coisa que nunca mais me esqueci. Ela me disse que era tímida e, por isso, não falava muito, não participava de reuniões, de grupos, não expunha suas ideias, tinha dificuldade para fazer amizades e arrumar namorado. A verdade é que ela era muito exigente com ela mesma, tinha medo de errar e medo do julgamento das outras pessoas que ela achava, serem superiores a ela. Depois, chegou a conclusão de que, quem fala sem medo, comete muitos erros, fala bobagens, fala demais e, muitas vezes, é inconveniente, porém, fala o que pensa sem, muitas vezes, se preocupar com os outros, porque são pessoas seguras.
Passou então a falar tudo o que desejava, era criticada em alguns momentos, porém, sempre opinava quando questionada sobre algum assunto. Por isso, tornou-se uma professora exemplar que falava muito e com muita competência e propriedade e, é claro, deixou de ser tímida.

Talvez pela sua falta de experiência, sinta medo e timidez no ambiente de trabalho. Porém, como disse, está melhorando para mudar essa situação que tanto a incomoda. Com certeza, é apenas uma fase, que irá passar.

Boa sorte!

Um abraço.
Miiran

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
CARLA RAQUELsetembro 20th, 2011 - 16:55

OLÁ!
TODA VEZ QUE MEU CHEFE FICA NERVOSO OU TEM ALGUM PROBLEMA ELE DESCARREGA TUDO EM MIM. COMEÇA BRIGAR SEM MOTIVOS E FICA ARRUMANDO DESCULPAS PARA BRIGAR COMIGO. COMO DEVO AGIR NESSA SITUAÇÃO?

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassersetembro 20th, 2011 - 20:35

Olá, Carla!
Quando meu chefe ficava estressado ou irritado em decorrência do excesso de trabalho ou por algum motivo de ordem pessoal ou familiar, era em mim a 1a. pessoa que ele descontava seu mau humor ou nervosismo ou em qualquer pessoa que visse pela frente (boy, subalternos e outras secretárias). Entendi, depois de alguns anos de experiência, que era uma situação momentânea e passageira e que não tinha nada de pessoal. Por isso, para eu não me magoar, evitava conversar com ele, me oferecia para ajudá-lo e procurava atendê-lo rapidamente no que fosse necessário. Se ele começasse a resmungar ou reclamar de seus problemas, perguntava a ele se queria um café, água, chá e o deixava em paz. Evitava incomodá-lo com outros problemas do departamento, filtrava as ligações recebidas e também fazia uma triagem dos funcionários que queriam se reunir ou falar com ele para não gerar nenhum conflito ou aborrecimento para ambas as partes. Geralmente, no dia seguinte, ele já estava mais calmo e equilibrado emocionalmente.

Espero ter ajudado.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
CARLA RAQUELsetembro 21st, 2011 - 11:42

OBRIGADA PELO CONSELHO. GOSTARIA DE ENTENDER PORQUE SÓ EM MIM QUE ELE DESCONTA SEUS PROBLEMAS E NA ASSISTENTE DELE E EM OUTRAS PESSOAS NÃO!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
CARLA RAQUELsetembro 21st, 2011 - 12:16

MIRIAN, QUERO EXPLICAR QUE MEU CHEFE É ASSIM PORQUE A ASSISTENTE DELE É SUPER GROSSA E ACHO QUE ELE TEM MEDO DELA, E EU, POR SER UMA PESSOA MAIS EDUCADA EU ACHO QUE ELE SE APROVEITA DE MIM PORQUE SOU BOAZINHA COM ELE. UM DIA ELE FALOU SE EU ACHAVA RUIM ELE RECLAMAR COMIGO E DISSE QUE NÃO, QUE ELE TINHA DE RECLAMAR MESMO, PORQUE, SENÃO, EU ACHARIA QUE ESTAVA TUDO BEM COM ELE. QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE ISSO?

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassersetembro 21st, 2011 - 17:49

Olá, Carla!

Talvez você tenha razão. Seu chefe desabafa com você, às vezes, mostra-se mal-educado e fica nervoso, mesmo sem você ter feito nada porque você aceita, fica quieta e não reclama. Com outras pessoas que ele não tem tanta proximidade e não sabe como se comportariam perante um comportamento rude ou agressivo dele, com certeza, ele não as enfrenta quando está de mau humor.

Como você mesma colocou, você se permite a isso e até disse a ele que poderia desabafar. Só que ele não entendeu que desabafar é muito diferente de descontar os problemas e frustações dele em você.

Acredito que, com o tempo, passará a entender melhor a personalidade dele e saberá se posicionar para evitar tais abusos por parte de seu chefe. Quem sabe com seu jeito delicado e educado, não consiga passar uma mensagem sutil para ele de que o que ele faz com você não é certo. Tente explicar a ele que você está lá para ouvi-lo porque quer ajudá-lo e se preocupa com seu bem-estar e que não acha correto suportar suas grosserias.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

Todos nós temos dias difíceis, porém, temos de nos controlar para não magoar outras pessoas.

Um abraço.

Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Cristinasetembro 29th, 2011 - 18:08

Boa tarde! Trabalho em uma associação vinculada à uma empresa e meu executivo direto é diretor geral das duas entidades. Normalmente trabalho mais para ele como diretor geral da empresa e não da associação. Quando a secretária dele tira férias ou precisa se ausentar, eu a substituo. Adoro o que faço e faço com amor, mas só amor não paga contas e, profissionalmente falando, é um desrespeito acumular funções sem receber pelos serviços prestados (diga-se de passagem, muito bem prestados). Até o momento, não falei com ele sobre a remuneração e as férias da secretária dele estão próximas. Prometi a mim mesma não trabalhar graciosamente. Gostaria de uma ajuda no sentido de me orientar em como falar com ele sem ser arrogante ou melindrá-lo. Ele precisa saber que sou uma profissional e como profissional meus serviços têm valor.
Abraços.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseroutubro 4th, 2011 - 13:11

Olá, Cristina!

Muito obrigada pelo seu contato e interesse em minha opinião. Sei perfeitamente o que está sentindo. Tanto eu como você e muitos outros profissionais já sentiram isso ou estão passando por essa situação. O que posso comentar a respeito é que, infelizmente, quando se trabalha em uma empresa, vemos coisas erradas, somos vítimas de situações que consideramos injustas e não somos valorizadas ou ouvidas em muitos assuntos que, para nós, são importantes.

Hoje as empresas estão cada vez mais enxutas, muitas terceirizam funcionários para economizar e as áreas e quadros de funcionários estão bem reduzidos. Quando trabalhava em grandes empresas era comum ver diretores, assistentes e até alta gerência cobrindo férias de colegas ou mesmo assumindo o cargo temporariamente em caso de doença, licença ou até demissão. Embora também não ganhassem a mais por isso, faziam hora extra e também tinham de responder com competência e eficiência pela área que passaram a comandar, mesmo, muitas vezes, não entendendo nada do negócio.
Entre as secretárias também é normal acontecer isso. Assumem as tarefas de outras colegas secretárias e são chefiadas por executivos que mal conhecem. Essa prática acontece para não atrapalhar o bom andamento da rotina do escritório. Além de trabalharem em dobro, também fazem hora extra, sem receber nada por isso e ainda têm o dever de cumprir com excelência todos os compromissos daquele departamento. Sei que é injusto e incorreto, porém, é assim que funciona. Já presenciei até secretárias sendo demitidas porque executaram mal as tarefas da colega ausente ou mesmo por não se adaptarem ao ritmo e exigências do chefe temporário.

Se você quiser falar com seu chefe, vá adiante. Porém, verifique antes como é o sistema em relação às outras secretárias e se o RH aprova essa prática. Você não é obrigada a trabalhar nessas condições e poderá procurar outro emprego se assim desejar. Muitas vezes o chefe sabe que é errado, não aceita e não pode ajudar seu funcionário. Ele, como muitos, têm de concordar porque quem decide é o RH da empresa e tanto ele, como você, são funcionários e tem de acatar as normas e regulamentos se quiserem se manter no emprego.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Dilene Galindooutubro 6th, 2011 - 12:28

Bom dia, Mirian! Achei o seu blog enquanto navegava na net em busca de orientações para a minha carreira. Sou graduada em secretariado há 5 anos e já trabalho na área há 7. Porém, de uns três anos pra cá, me sinto desmotivada e infeliz com a profissão que escolhi, na verdade estou desorientada com relação a que caminho seguir. Gostaria de sua opinião sobre algumas coisas, espero que possa me ajudar. Estou pensando em fazer pós-graduação em gestão de recursos humanos, para poder atuar nessa área. Minha dúvida é: será válido por eu ser formada em secretariado e não em administração? Em que setor poderei atuar se fizer pós em recursos humanos?
Espero que possa me ajudar. Estou no aguardo de sua resposta.

Abraços

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseroutubro 6th, 2011 - 18:21

Olá, Dilene!

Muito obrigada pelo seu contato e interesse em minha opinião. Você pode sim fazer uma pós-graduação e se dedicar a outra profissão que não tenha nenhuma ligação com a sua profissão e experiência atuais. O que precisa avaliar com cuidado é se tem perfil para essa profissão, se já trabalhou com alguém da área ou teve alguma experiência com o assunto Recursos Humanos. Já tive vários chefes que fizeram uma faculdade e trabalhavam em áreas totalmente diferentes. Ex.: Chefe biólogo que atuava na área de vendas de uma seguradora. Também conheci um presidente de banco que era formado em Filosofia, acredita? O importante é você se dedicar bastante ao novo curso, estudar e ler muito sobre o tema, trocar informações com profissionais da área e tentar conseguir um emprego em recursos humanos para adquirir mais experiência e, só assim, poder se considerar uma boa profissional.
A área de Recursos Humanos é muito vasta. Poderá trabalhar com seleção de pessoal, área de treinamento, cargos e salários, benefícios, plano de carreira, etc. Não sou especialista nessa área, portanto, seria recomendável verificar suas possibilidades profissionais junto à faculdade que promove esse curso. Particularmente penso que, todos nós temos muitas alternativas e oportunidades de emprego e não precisamos, necessariamente estudar e se formar para exercer o resto da vida uma só profissão. Tudo depende de sua capacidade intelectual e profissional. Se isso não fosse possível não estaria em outra profissão, mesmo tendo feito faculdade outra faculdade. O que me realiza mesmo é dar cursos, palestras, escrever no site e responder a todos que me escrevem. Isso sim me dá muita satisfação!
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Cristinaoutubro 7th, 2011 - 15:52

Agradeço pelas sugestões.
Abraços,

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseroutubro 7th, 2011 - 18:13

Olá, Cristina!

Fico feliz que tenha gostado. Desejo-lhe boa sorte na decisão que tomar e que fique bastante satisfeita com o resultado.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Albaoutubro 19th, 2011 - 0:22

Boa noite! Adorei o site! Sou secretária em um órgão público há seis anos. No começo, trabalhava na área de informática deste órgão, pois tenho formação em informática. Meu antigo chefe pediu afastamento e entrou outro que é excelente e me escolheu como secretária e estou adorando o trabalho. O problema é que as outras pessoas acham que fui promovida e estou ganhando mais ou sei lá o quê. Ficam tentando me ofender, jogando piadas desagradáveis. Quando tenho de solicitar algo para outros setores me sinto muito constrangida pois ouço tudo aquilo e não acho ético revidar, mas fico super magoada. Já falei com meu chefe e ele disse que vai pensar em providências, mas, às vezes, penso em reclamar direto ao chefes imediatos destas outras pessoas para que me respeitem mais. Ficaria muito grata por qualquer palavra amiga.
Beijos.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasseroutubro 20th, 2011 - 22:25

Olá, Camila!
Entendo exatamente o que está sentindo. Pelo que relatou, trabalha nesse órgão público há 6 anos, e, acredito, que os outros funcionários já conhecem seu trabalho. Analise como era sua relação com eles antes de ser promovida. Você era bem aceita? Tinha amizade com eles? Eles reconheciam seu trabalho? São pessoas importantes para você? Agora que está em outro cargo e as piadas e os comentários negativos surgiram, verifique porque aconteceu isso? Será que alguém gostaria de estar em seu lugar ou também ter recebido um aumento ou promoção? Infelizmente as pessoas no ambiente profissional sentem inveja e maldizem os colegas quando esses conseguem se destacar na profissão e são reconhecidos pelos chefes. Afinal, todo mundo trabalha em ambientes competitivos. O importante é que você foi a escolhida, é valorizada pelo seu chefe e ele sabe o que está acontecendo. Você até poderá ser envolvida em fofocas e mentiras só para prejudicá-la. Seu chefe tem muitos afazeres e problemas na empresa para resolver e cuidar disso é desgastante e até um pouco delicado para ele porque irá criar confusão com chefes e funcionários e ele também poderá ser prejudicado. Não fale com os chefes desses funcionários porque também poderá ser visto como uma atitude imatura e insegura de sua parte, embora não seja verdade.

O que poderá fazer é se mostrar ainda mais atenciosa, disponível e competente para essas pessoas e cuidar do seu trabalho e de sua carreira. Se sentir necessidade, faça o curso de secretariado ou cursos extras para se atualizar e se capacitar ainda mais na função. Hoje está como secretária, amanhã poderá estar em outra função e até ser chefe ou trabalhar ao lado dessas pessoas. Em cargos públicos não é tão fácil abandonar o emprego por causa de alguma dificuldade ou problema como se faz em empresas privadas.
O importante é que está feliz e realizada. Não deixe que essas pessoas, muitas vezes, frustradas e insatisfeitas com seus cargos e salários, estraguem isso. Você conquistou essa oportunidade pela sua competência e experiência e, acredite, todos sabem disso!
Parabéns! Boa sorte!
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Albaoutubro 31st, 2011 - 22:48

Oi, Mirian! Muito obrigada pelas palavras! Sabe, o que posso sentir em relaçao a estas atitudes é porque muitas destas pessoas sao funcionárias bem mais antigas e formadas na área administrativa e não conseguiram a oportunidade que eu tive. Eu estava no lugar certo e hora certa e, claro, um pouco de competência. Algumas delas perguntam como consegui e falam que tem currículo e tudo mais, mas outras chegam a ser desagradáveis e dizem que so estou ali por beleza e não competência (tenho olhos e pele clara, estatura). Isso me aflige bastante, embora sinta que não é verdade. Seu blog tem me ajudado bastante, pois encontro liçoes sobre o dia a dia e que não aprenderia em faculdade alguma. Muito obrigada por tudo!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 1st, 2011 - 20:42

Olá, Camila!

Eu é quem agradeço suas palavras gentis que me encorajam ainda mais a manter esse site. O que sente muitas pessoas já sentiram também. Quando se tem presença, é bonita ou muito inteligente, é natural essa pessoa se destacar no meio de outros funcionários e, lógico, a inveja impera. Mulheres muitos jovens ou muito bonitas que conquistam bom cargos ou são promovidas rapidamente sentem esse preconceito. E, por isso, tem de provar a todo o instante que estão ali por mérito e não por outros atributos. Currículo, muitos anos de experiência, dedicação ao trabalho não são sinônimos de promoção e sucesso na carreira. É a competência que conta e, infelizmente, se essas pessoas não tiveram a mesma oportunidade que você é porque não são competentes ou porque seus chefes não enxergaram nelas o potencial que tinham e isso não é culpa sua. Se você não tivesse boa aparência talvez também fosse discriminada. Faça seu trabalho, seja discreta, procure se desenvolver o máximo que puder e seja feliz! Se essas pessoas não são modelos para você e não acrescentam nada de positivo para o seu crescimento pessoal e profissional, finja que elas não existem. Quem sabe assim, elas a deixam em paz!
Boa sorte!

Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Adalberto Kertzmannovembro 3rd, 2011 - 23:27

Right here is the kind of information I’ve been looking for. Thank you for writing this information.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
zdolność kredytowanovembro 4th, 2011 - 14:27

Some writers fail to provide interesting informative material. When I read your content I happy to find it engaging and intelligent. This is impressive writing.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Kaitlin Fordonnovembro 4th, 2011 - 19:12

I do not even know how I ended up here, but I thought this post was great. I do not know who you are but certainly you are going to a famous blogger if you are not already ;) Cheers!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
alegro traktory rolniczenovembro 5th, 2011 - 17:48

I precisely needed to thank you very much again. I do not know what I would have implemented without the type of thoughts shown by you about that situation. It was before a very challenging condition in my circumstances, however , taking a look at your specialized technique you treated it made me to cry with contentment. I will be grateful for this guidance and then hope you really know what a powerful job you have been doing educating the others with the aid of a web site. I am certain you haven’t got to know any of us.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 7th, 2011 - 15:32

Hi, Alegro!

Thank you very much for your kind comments.

Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 7th, 2011 - 15:33

Hi, Kaitlin!

Thank you very much for your kind comments.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 7th, 2011 - 15:34

Hi, dear friend!

Thank you for your kind comments.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 7th, 2011 - 15:35

Hi, Adalberto!

Thank you for your kind comments,
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 16th, 2011 - 23:15

Hello, Adalberto!
Thanks a lot for your kind comments.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 16th, 2011 - 23:16

Hello, dear friend!
Thank you a lot for your participation and comments.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 16th, 2011 - 23:17

Hello, Kaitlin!

Thank you for your kind comments. I really appreciated them.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nassernovembro 16th, 2011 - 23:20

Hello, Alegro!

Thanks a lot for your kind comments and participation. Keep reading my articles whenever you can.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
camere video de supravegherenovembro 27th, 2011 - 1:40

nice

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Krajzega Allegronovembro 27th, 2011 - 16:12

Keep functioning ,impressive job!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
rebecanovembro 30th, 2011 - 13:27

Oi, Mirian!
Quero um conselho. Tenho 22 anos e deixei um emprego numa grande empresa e estou aqui. Como queria trabalhar como secretária aceitei a indicação de emprego de uma colega sem nunca ter tido experiência nessa área. Porém, fico perdida e, às vezes, não sei o que fazer.
Ninguém ainda passa nada. Eu é quem tenho que perguntar e não sei se isso é certo.
Por favor, me ajude!
Beijos.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
digital tv antennadezembro 1st, 2011 - 0:41

I appreciate that you put excellent content out that is clear and well-written.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 1st, 2011 - 17:51

Olá, Rebeca!

Se você sempre quis trabalhar com secretária e até abandonou um bom emprego em uma grande empresa, é porque realmente está determinada a seguir carreira como secretária. A primeira coisa a fazer é estudar bastante sobre a área, ler livros, observar e conversar com outras secretárias, participar de cursos, seminários e eventos e até blogs na internet que lhe ajudarão muito pois outras secretárias trocam informações entre elas. Não dependa dos outros para aprender. Você é muito jovem e terá uma bela carreira pela frente, se for dedicada e responsável nos seus compromissos de trabalho.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 1st, 2011 - 17:59

Hello, dear friend!
Thanks for your message.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 1st, 2011 - 18:00

Thank you very much!
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 1st, 2011 - 18:02

Hello, dear friend!
Thanks for your kind comments.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 1st, 2011 - 18:03

Hello, dear friend!
Thanks a lot.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 1st, 2011 - 18:03

Hello, dear friend!
Thanks for your participation.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Glenn Lenarzdezembro 4th, 2011 - 5:25

Very interesting details you have remarked, regards for posting.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
pan card statusdezembro 4th, 2011 - 14:27

Amaze! Thank you! I constantly wished to produce in my internet site a thing like that. Can I take element of the publish to my blog?

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Lessie Kemmerlingdezembro 5th, 2011 - 0:13

I genuinely treasure your work, Great post.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Talitadezembro 7th, 2011 - 21:31

Estou pensando em trabalhar como secretária, mas tenho algumas dúvidas. Espero que possa me ajudar.
Sou formada em Letras, sou fluente em inglês e tenho espanhol intermediário. Pretendo fazer um curso técnico em secretariado e queria saber se para fazer um técnico em secretária executiva eu preciso ter um de secretariado primeiro. Um complementa o outro, ou pode substituir o outro?
Outra coisa, gostaria de saber para onde eu poderia ir como secretária, ou seja, não gostaria de trabalhar nessa área o resto da minha vida. Eu conseguiria um outro cargo em uma empresa começando como secretária?

Agradeço desde já pela atenção!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 8th, 2011 - 17:32

Olá, Talita!
Obrigada pela sua participação!
Você pode optar tanto por fazer um curso técnico – em média 2 anos – como uma faculdade de secretariado executivo – 4 anos. Um não exclui o outro. Você poderá fazer os dois cursos ou só um, dependendo do seu interesse, disposição de tempo e dinheiro. Porém, saiba que uma faculdade lhe trará mais conteúdo e oportunidades no mercado de trabalho. Como já domina idiomas, isso também ajuda. Existem cursos on-line de secretariado. Qualquer pessoa, independente da faculdade que exercer ou mesmo sem ter uma, poderá crescer na carreira e ter sucesso, dependendo do seu interesse, capacidade e dedicação pela área em questão. Perfil e vocação para determinada profissão também é interessante se analisar. Ex.: Se você trabalhar como secretária numa diretoria de Marketing e se interessar pela área, com certeza, ficará mais fácil seu acesso à área porque terá mais experiência e contatos do que outros funcionários. Porém, se gostar da área de Recursos Humanos, terá de conquistar a confiança dos diretores da área, estudar sobre o assunto e mostrar seu interesse em fazer parte da equipe deles. Tudo dependerá de você e da empresa em que for trabalhar. Algumas dão oportunidades para secretárias outras não. Hoje em dia até um office-boy pode fazer carreira em uma empresa quando a empresa acredita no seu potencial e investe em você. Leia um dos meus artigos, “A secretária é a chave para o sucesso e ascensão profissional” e entenderá melhor o que quero lhe explicar.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
winrardezembro 8th, 2011 - 22:49

Helpful info discussed I am really pleased to read this particular post..many thanks with regard to providing all of us nice information.Great walk-through. I truly appreciate this article.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 9th, 2011 - 20:16

Hi, dear friend!
Thanks for your kind comments.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Samuel Santosdezembro 10th, 2011 - 2:45

Olá!

Estou cursando Secretariado Executivo Trilíngue na UNESA do Rio de Janeiro. Sou o único homem da minha turma e resolvi procurar no google se achava algo sobre homens na profissão de secretariado e não achei nada. Gostaria de saber se existem muitos homens nesta profissão e qual área do mercado de trabalho é mais favorável para os homens. Ouvi dizer que homem fica mais na parte política, sendo secretário executivo de deputados e senadores, etc.. Vejo que há um certo preconceito de gênero quando vou procurar estágio de secretariado executivo e acabo não sendo chamado mesmo não tendo outros candidatos à vaga. Será que quando me formar terei de fazer outra graduação para poder ingressar no mercado de trabalho ou poderei conseguir uma vaga mesmo a preferência sendo para as mulheres?

Agradeço desde já pela atenção!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 12th, 2011 - 15:27

Olá, Samuel!
Obrigada pelo seu contato e interesse em minha opinião.
Como você, eu já recebi dois ou três contatos de alunos com os mesmos questionamentos. O que posso lhe adiantar, foi o mesmo que escrevi para eles também. Realmente essa profissão é 99% dominado por mulheres e, os poucos homens que atuam na área, são assessores, secretários particulares ou trabalham em órgãos públicos, advogados e para políticos. Como também fala idiomas isso ajuda muito na hora de conseguir um emprego na área, porém, lhe adianto que é mais difícil mesmo, da mesma forma que seria difícil uma aluna acima de 40 anos que nunca trabalhou na profissão, tentar arrumar um emprego como secretária. Preste atenção: é mais difícil, mas não é impossível. Embora muitas profissões tipicamente masculinas estão aceitando mulheres e vice-versa, na área secretarial, pouca coisa mudou. Particularmente, nunca conheci nenhum secretário nos lugares em que trabalhei ou mesmo fiz contato com algum, em cursos ou eventos para secretárias em que ministrei ou participei. Uma opção é buscar oportunidades nessa área que citei mesmo e que é muito interessante também. Outra alternativa, é se tornar professor dessa área, porque terá bastante conhecimento teórico para transmitir. Em último caso, invista no conhecimento de idiomais e tente empregos em empresas onde se utilize esse conhecimento. Não precisará ser, necessariamente, um secretário e sim um assistente de algum departamento. Ex.: Se fizer um curso complementar de Marketing ou tradução, poderá ter boas oportunidades.
Converse com seus professores e tente encontrar outras saídas. Com certeza, eles estarão mais aptos que eu para lhe orientar.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 13th, 2011 - 16:41

Hello, dear friend!

Thanks for your kind comments.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 13th, 2011 - 16:41

Hello, dear friend!
Thanks a lot for your participation.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 13th, 2011 - 16:42

Hello, dear friend!

Thank you for your kind words.
Regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 13th, 2011 - 16:43

Hello, Glenn!
Thank you very much for your participation.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Deyvadezembro 13th, 2011 - 17:45

Olá, Mirian!
Atualmente curso Secretariado e estagio. Gostaria de saber há um certo preconceito referente à idade, pois tenho 20 anos e parece que ninguém me leva a sério. Não sei se é por causa da idade, mas isso me deixa muito triste e gostaria de poder mudar essa situação.

Desde já agradeço!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 13th, 2011 - 23:10

Olá, Deyva!
As pessoas têm preconceito sobre tudo: idade, classe social, raça, opção sexual, aparência, religião, etc. Nas empresas existem todo o tipo de pessoas e, por serem diferentes em pensamento e aparência, também surgem os preconceitos. Tudo o que é diferente de nós, torna-se estranho. Se você trabalhasse ao lado de alguém muito velho, teria preconceito e o mesmo acontece com você. As pessoas rotulam umas às outras. Porém, se mostrar que, embora jovem, é competente, profissional e interessada em aprender e crescer na profissão, é possível que os outros a vejam com outros olhos. Tudo dependerá da forma como se comunica com as outras pessoas. Se você se aproximar delas e falar de novelas ou baladas, terão uma reação; se falar sobre assuntos ligados à empresa ou sobre planos futuros em relação ao seu trabalho, terão outra visão a seu respeito. Tive um caso parecido com o seu e orientei a jovem a se vestir de uma forma mais formal e adulta porque ela comentou que não gostavam do jeito informal e, às vezes, nada elegante como ela se vestia. Na época, eu a orientei a observar o jeito como as outras funcionárias se vestiam e procurar, na medida do possível, se vestir parecida e usar um pouco de maquiagem para disfarçar a pouca idade e também para se sentir mais aceita no grupo. É claro que essa estratégia seria usada somente no escritório. Infelizmente, no ambiente de trabalho, temos de usar máscaras para parecermos iguais aos outros e, assim, sermos aceitos pelo grupo.
Espero ter ajudado.
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Pedrodezembro 14th, 2011 - 0:27

Ser ou não ser profissional? Sou eletricista profissional e trabalho ainda em uma empresa que acho que serei demitido por estar com problemas com meu chefe. Ele quer que eu ligue uma máquina de forma errada – o famoso jeitinho – porém, posso colocar a vida de outras pessoas em risco. Eu me recuso a fazer isso e, para piorar, fui contratado para trabalhar em um determinado local por conta desta minha recusa. O supervisor quer que eu vá trabalhar na sede que fica a 40 kilometros de distância de minha casa. Como proceder? Bem preciso muito do meu emprego, mas me recuso a obEdecer esta ordem porque não fui contratado para dar jeitinho. Tenho como exemplo, a tragédia com o bondinho de Santa Tereza (bairro do RJ), quando morreu gente, o problema veio à tona. Prefiro estar desempregado do que saber que alguém morreu por algo que fiz sabendo o que poderia dar errado.
Desabafo do Pedro.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
computer repair el paso texasdezembro 14th, 2011 - 6:11

I don’t think I’ve never learned something like this before. So good to find an individual with some original thoughts on this subject. I really thank you for starting it. This web site is something that’s wanted on the net, someone with a little originality.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Deyvadezembro 14th, 2011 - 16:45

Olá, Mirian!
Você me ajudou muito seus conselhos. Vou tentar seguir à risca cada um deles, pois apesar de ser jovem tenho potencial para fazer o que me foi confiado.
Muito obrigada.
Um abraço.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Sieci Rybackie Allegrodezembro 15th, 2011 - 23:02

I precisely wanted to say thanks once more. I’m not certain what I would have used in the absence of those hints documented by you over this question. It became a very frustrating concern in my position, however , being able to see a well-written avenue you treated that took me to jump over gladness. I will be happy for the guidance as well as hope that you know what a great job that you are getting into educating the mediocre ones through your blog. Most likely you have never encountered any of us.

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Rose Shurtsdezembro 16th, 2011 - 15:20

Thank you for the auspicious write up. It in fact was an amusement account it. Look advanced to far added agreeable from you! However, how could we communicate?

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 16th, 2011 - 17:47

Olá, Deyva!
Que bom que você gostou. Fico feliz e lhe desejo toda a sorte no seu emprego e que possa ter sucesso na profissão. Você é muito jovem e terá a oportunidade de amadurecer muito ainda como pessoa e como profissional.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 16th, 2011 - 18:02

Olá, Pedro!

Fiquei surpresa com seu relato e ainda mais com sua participação porque meu público é geralmente formado por mulheres e, na maioria, secretárias. O que posso lhe dizer é que pelo que comentou deve ser um homem de caráter, princípios e, principalmente responsável.
Não sei sua experiência nem idade, porém, percebi que é muito profissional. Poderá tranquilamente trabalhar em outra empresa ou mesmo ser autônomo, se for demitido ou não aguentar mais ficar em seu trabalho.

Acima de tudo, mais do que salário, é fundamental ter paz de espírito. Poder encostar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo com a certeza de que não irá danificar nada, muito menos prejudicar alguém.
Seja correto e profissional que não terá nada a perder. Em último caso, converse com seu supervisor de uma forma firme e franca e diga de sua preocupação em executar um serviço que colocará em risco vidas de inocentes e peça que ele assine um documento se responsabilizando pelo trabalho que você fará. Talvez ele nem tenha percebido a gravidade da situação. Caso ele esteja agindo de má fé, faça uma denúncia formal ao chefe dele ou ao RH, pois será sua última saída. Tenha fé de que tudo se resolverá da melhor forma possível.
Boa sorte!
Um abraço.
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: +1 (from 1 vote)
demolition lebanon padezembro 19th, 2011 - 13:17

Oh, my goodness! An amazing article. Thank you!

VA:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 20th, 2011 - 9:58

Hello, dear friend!

Thanks a lot for your kind comments.
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]
Rating: 0 (from 0 votes)
Mirian Nasserdezembro 20th, 2011 - 10:04

Hello, Rose!
Thank you for your participation and kind words about my work. My website is written in Portuguese language and I am from São Paulo, Brazil. I write, read and understand English, however my communication is all in Portuguese. If you can read my articles it will be fine!
Best regards,
Mirian

VN:F [1.9.3_1094]